domingo, 29 de abril de 2012

COMO SE VESTIR AO ESTILO MEDIEVAL

Antes de proceder, leia os textos de História da Moda:




Como se pode ver a Idade Média durou quase 1000 anos. Inicialmente pensei em escolher um período e mostrar as adaptações e releituras, mas a imagem acima na Wikipédia resume visualmente quase tudo que precisamos saber. 

Então, nesta longa postagem farei o serviço dividindo pelas épocas das imagens acima que começam no número 8, não estranhem isso, é porque as imagens anteriores eram da Idade Antiga.

8. Byzantine emperor Justinian            9. Byzantine empress Theodora


Os trajes que servem de base não diferem muito da Antiguidade Romana. Estamos no início da Idade Média no Império Bizantino. Justiniano viveu de 483 a 565.

O traje masculino é uma túnica na altura da coxa. Como túnica é artigo de luxo, isto também pode ser obtido pelo conjunto minissaia pregueada + camisa que pode ser uma camisa social básica branca, basta cortar a gola ou simplesmente escondê-la. Pernas: é possível usar uma meia-calça grossa (fio 60 para cima) num tom mais leve, menos contrastante do que será lá em 1300. Mocassim nos pés.

Esta parte é apenas a base do traje, por cima usa-se um longo manto religiosamente na cor púrpura, uma capa. Você pode comprar uns 2 metros e meio de  oxford ou cetim na Vigésima Quinta Avenida, cortar e costurar. 

Bijouterias farão a função de coroas e tiaras (o imperador bizantino Aleixo I Comeno usava uma coroa com bolinhas retas com a cruz cristã, algo fácil de se fazer hoje, há vários brincos e cruzes por aí). Adaptando assim até parece que isso não era luxuoso na época, mas era e como!  Seda que a Teodora mandou investigar, joias que hoje concorrem com nossas bijouterias e ainda os tecidos da 25....
ADAPTAÇÃO/ RELEITURA BIZANTINA MASCULINA


O traje feminino segue  perto da linha acima. Na ausência de um longo vestido, aplica-se o conjunto longa saia evasê + camisa. Por cima utiliza-se não uma capa, até pode ser uma, mas uma quase túnica. Visualize o tecido roxo com um furo para a cabeça, é isso. Siga a mesma regra das jóias que aqui estão em maior quantidade e ornamentação. É bom tentar reproduzir essa época porque a saia e a camisa servirão para outras, sem falar que é orginal.

RELEITURAS: O Bizantino combina com tudo! Pode-se fazer bizantino gótico, steampunk (há muito dourado e acessórios) e também encurtar as saias, o manto, remover as meias.... etc


10. Frankish nobleman                                           11. Frankish lady

TRAJE MASCULINO.
Traje dos francos, época de Carlos Magno. Como vocês podem ver esses trajes são mais difíceis de se obter a partir de uma adaptação. De fato, será necessário mandar fazer uma túnica ou pôr um aplique de tecido numa bata indiana ou blusa reta (use o mesmo tipo de tecido). De qualquer forma, o molde é simples porque é reto, tanto a túnica do homem como da mulher além do mais fazendo uma túnica você poderá usá-la de inúmeras maneiras, enfim a questão é fazer testes de como reconstituir....
Reconstruindo/ Relendo os Francos (Masculino)



TRAJE FEMININO
Praticamente o mesmo procedimento, porém exige mais tecido e menos esforço e complementos. Você pode usar uma bata indiana e revestir aquele decote oriental com fita de cetim ou tecido. O restante é o mesmo processo: aumentar a túnica com aplique ou mande fazer uma túnica. 

Mangas: olhe a imagem novamente e verá que a túnica possui mangas largas de outra cor. Use mangas de uma camisa velha e aplique sobre as mangas da bata etc. Véu: pode ser um tecido solto (mas faça a barra para não desfiar).

Península Ibérica Muçulmana
Durante a maior parte da Idade Média, Portugal e Espanha estiveram sob domínio islâmico (oi, cantiga de amigo!) o que deixou muitos vestígios em nossa língua. Ora, a expulsão dos mouros pelo rei Carlos Magno é também celebrada no Brasil em Pirinópolis (GO), portanto seria interessante seguir o exemplo goiano e ibérico de reconstituir os trajes da Cavalhada ou da Reconquista. Algumas lojas espanholas possuem trajes de mouro que destaco abaixo junto com fotos da Cavalhada:

 

Já imaginou várias fotos de soldados cristãos e islâmicos? E roupas militares desta época não são trabalhosas, com exceção das armaduras. Como a moda atual tem influência oriental um traje de mouro não será difícil.



12. German nobleman 13th century    13. German lady of nobility 13th century
Século XIII. Tempo das Cruzadas. Os acessórios são fáceis e serão utilíssimos pois eles que darão o ar histórico do século. A espada, o escudo, a capa, o manto, os penteados (sempre faça um penteado de época mesmo em releituras!) e os chapéus não vão completar a roupa, farão um papel mais nobre, compensarão a adaptação das túnicas/ vestidos. Porque são acessórios tão símbolos da época que só de usá-los você já passa uma ideia de medievalidade. 

A aplicação de tecidos para alongar as roupas também continua valendo, mas o cinto deve esconder. Não tenho muito o que escrever, a metodologia é a mesma dos trajes anteriores. Tente aproveitar cortinas e lençóis, momentos Scarlett são louváveis.

Traje das Cruzadas. Em comparação com a veste civil, a vestimenta das Cruzadas é mais fácil de se reproduzir. Consiste numa túnica branca com uma cruz vermelha ou negra costurada no peito. Capas e armaduras também são comuns e bem-vindas. Use tecido, modele, costure.... 


Hábitos religiosos. Alguns rapazes têm reconstruído hábitos franciscanos, carmelitas ou beneditinos (mesmo sem saber que são destas ordens hahaha) para vestir na Live Action do RPG ou mesmo em festas e eventos medievais. Estive num RPG em 2011 em que um rapaz se vestiu fidedignamente de S. Francisco de Assis, achei muito criativo e interessante. 

Acredito que este tipo de traje não permita muitas releituras. Se for obter por meio de as adaptações, essas são feitas a partir das túnicas já expostas aqui. Apenas penso que precisa investir nos detalhes e pesquisa para o traje ficar mais purista.



14. Titled young lady  (1400)               15. Titled young man  (1400)

Os últimos anos medievais são os preferidos dos revivalistas. E os trajes são os mais trabalhosos, mas é possível adaptar/ reler. 

Adaptação 1400




TRAJE FEMININO
Uma camisa simples de manga longa e sem bolso. Como vocês devem ter percebido uma camisa SEM BOLSO pode virar quase tudo. Vermelho, azul e verde são cores ideais. As flechas não apontam nada, estão aí apenas como linhas para saber onde cortar ou costurar algo.

Linha branca: decote. Faça um decote seguindo essa linha curva. Por cima revista de fita de cetim reta, NUNCA em babados. Rendas? JAMÉ! Siga o desenho.

Linha amarela: cintura. É aqui ou que você vai costurar a saia longa evasê. Esconda também com uma fita.

Linhas pretas: mangas. Mantenha as mangas, mas acrescente mangas largas (vide as camisas na lateral esquerda) costurando a partir do início do fim do ombro e início do braço. Você não precisa reproduzir fielmente a manga morcego, pode deixar uma manga por cima semiaberta e a outra justinha, isso vai existir no início da Renascença, mas ok. Se quiser a manga morcego, use tecido ou pegue a boca de sino de uma calça ou uma manga de outra camisa que seja semelhante, enfim você vai testando... 

Botões: você precisa disfarçá-los. Tenho uma dica: use uma fita de cetim (branca ou na mesma cor das outras aplicações de cetim) sobre eles. Isso (fita sobre o tronco) não era comum na época, mas você põe um pedacinho de fita após o decote de tal forma que parecerá uma cruz a linha toda e não ficará estranho. Você também pode customizar sua camisa a partir das costas deixando a frente dos botões como verso!



Cabelo: acho essencial reproduzir esse penteado. Fazê-lo é simples. Coques nas laterais. A coroa pode ser obtida a partir de uma tiara ou arco de cabelo tal como já falei na época bizantina.
Titled young man (1400)


TRAJE MASCULINO
1. Camisa que servirá de túnica, use as mesmas técnicas de customização já expostas na postagem.

2. Camisa para quem quiser fazer uma releitura.

3. Meia-calça branca (corte a outra perna)

4. Meia-calça vermelha. Corte a outra perna - da meia! Nada de suicídio, isso é coisa do Romantismo!

5. Destaquei este sapato de furinhos para quem estiver montando traje renascentista, mas para este traje você pode usar os sapatos 6 e 7 juntos, afinal o traje é bem assim: pé de um, pé de outro etc etc


S. JOANA D'ARC
Nesta época temos a primeira mulher que usou calças. De fato, os trajes militares dela são difíceis (armaduras), mas os trajes civis não.
Traje civil S. Joana d'Arc16. Gentleman of Burgundy                17. Gentleman of Burgundy
18. Lady of Burgundy

Borgonha. Esses trajes masculinos seguem quase o mesmo raciocínio,seguem as possibilidades.
Gentleman of Burgundy


1. Às vezes encontramos vestidos assim por R$4,00 em bazares beneficentes. Use-o ao contrário (a parte das costas como frente) e elimine a gola branca.

2. Não conseguiu vestido? Use um paletó de um só botão colocando o cinto sobre a linha onde se encontram o botão e os bolsos (vide linha amarela). As golas devem ser viradas e grudadas (seta azul). 

3. Meia-calça vermelha para o look 17. Como você é homem, opte por meia-calça extra grande. 

4. Sapato para os dois looks. Procure um modelo aproximado disto.

5. Acessórios. 
Dama da Borgonha
TRAJE FEMININO.

1. Longa saia sem volume, deve tocar pelo menos o peito do pé. Faça um bordado perto da barra assim como vemos na ilustração. 

2. Este tipo de casaco (que muitas vezes encontramos num bazar por R$10,00) pode ser plenamente adaptado. Convém fazer uma calda de tecido semelhante e remover o cinto deixando mais aberto o decote onde você usará um tomara-que-caia para dar o efeito trapézio (veja novamente a ilustração). 

Este casaco também fica maravilhoso na Era Eduardiana e na década de 1910. 

3. Não conseguiu casaco? Recorra a robes, ignore roupão de banho e use os robes, só tome cuidado para os robes não passarem ideia da década de 1910. Precisa manter a atmosfera medieval. 

4. Esta modelagem de sapato.

Hénin (cone). Eu e Priscilla já estamos pesquisando e desenvolvendo tutoriais de acessórios, isto merece um post específico.


19. Nurnberg Citizen (1500)

Como já é Renascimento  prefiro escrever sobre esse traje em outro tutorial.

Por enquanto é isso!

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...